Gbitten

quinta-feira, julho 20, 2006

 

Ranum on Certification (juro que é último da série)

For example, if someone wanted to hire me to lock down an ULTRIX 3.1d system, I'm eminently qualified. But I'd be at a loss when presented with today's confusing plethora of Linux "distros"--I'd need months of studying and experimenting before I'd be ready to work on one of them. But if I had a certification, maybe someone would hire me by mistake, thinking I was qualified, and then I could do that retraining on the company's nickel. If someone asked one of my peers who they'd recommend for a Linux project, I'm sure my name wouldn't come up. But if the job called for a "senior curmudgeon," well, that would be another story entirely.
The bottom line is that, regardless of whether a candidate is certified, a smart interviewer needs to know enough to judge if a candidate is the right person for the job. In fact, a smart employer is always going to check references and evaluate a candidate based on past accomplishments--only one of which may be successfully cramming for an exam.
Marcus Ranum (para acessar tem que responder uma pesquisa enjoada)

Marcadores:






<< Página inicial

Arquivos

Janeiro 2000   Fevereiro 2000   Março 2000   Julho 2005   Agosto 2005   Setembro 2005   Outubro 2005   Novembro 2005   Dezembro 2005   Janeiro 2006   Março 2006   Abril 2006   Maio 2006   Junho 2006   Julho 2006   Agosto 2006   Setembro 2006   Outubro 2006   Novembro 2006   Dezembro 2006   Janeiro 2007   Fevereiro 2007   Abril 2007   Maio 2007   Junho 2007   Julho 2007   Agosto 2007   Setembro 2007   Outubro 2007   Novembro 2007   Janeiro 2008   Fevereiro 2008   Março 2008   Junho 2008   Setembro 2008   Novembro 2008   Dezembro 2008   Junho 2009   Julho 2009   Agosto 2009   Setembro 2009   Outubro 2009   Dezembro 2009   Fevereiro 2010  

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Assinar Postagens [Atom]